Skip to content

NOTA DE ESCLARECIMENTO – 006/2021

A Secretaria Municipal de Educação de Pimenta vem a público esclarecer alguns pontos que ainda são motivo de dúvidas e questionamentos por parte da população com relação ao retorno gradativo das atividades escolares presenciais por meio do Regime Híbrido de Ensino.

Ressalta-se que em nenhum momento houve arbitrariedade nas decisões por parte da Administração, tendo em vista que existe devido respaldo legal e técnico para que as atividades escolares possam retornar, cumprindo-se todas normativas e protocolos sanitários para garantir a segurança, tanto dos funcionários, quanto dos estudantes.
O retorno às aulas presenciais é facultativo, ou seja, nenhum aluno será forçado a retornar para a sala de aula. Em relação àqueles que optaram pelo retorno, foi assinado um Termo de Autorização pelo responsável legal. Por sua vez, os alunos que optaram por continuar no Regime Remoto serão orientados na realização dos PETs, como já vem ocorrendo.

Para os pais/responsáveis que estão receosos quanto a possibilidade de contaminação pelo Coronavírus no ambiente escolar, de acordo com as informações retiradas do documento do ministério da Saúde disponível no link: https://bityli.com/dhAtD

“Os estudos revelam que, entre as crianças e adolescentes, principais públicos escolares da rede pública de ensino básico, a doença é menos prevalente, muitas vezes assintomática, e, quando há sintomas, estes costumam ser mais leves que nos adultos. Sobre a transmissão de Sars-Cov-2 em escolas que se mantiveram abertas ou foram reabertas no período de pandemia indicam que as taxas de infecção e de soro-prevalência eram menores nas escolas do que na comunidade em geral. Além disso, as evidências apontam que a piora da evolução da pandemia não está associada à comunidade escolar, ou seja, não está associada à reabertura das escolas”.

A Administração municipal está à disposição de qualquer cidadão que tenha dúvidas, e pede o bom senso com relação a este assunto delicado, evitando de divulgar informações errôneas.

Pimenta, 11 de agosto de 2021.

Rolar para o topo Skip to content